.

bg_topo_img02.jpg
icone youtube2icone instagran icone facebook2

ALERJ DOA R$ 4,4 MILHÕES PARA CONCLUSÃO DAS OBRAS DO HOSPITAL DO MÉDIO PARAÍBA

Publicado: Quarta, 25 Maio 2016

Vice-presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o deputado Marcus Vinícius Neskau (PTB) esteve ontem no Hospital Regional do Médio Paraíba para a entrega de um cheque no valor de R$ 4,4 milhões para a conclusão das obras da unidade, iniciada em 2011.

DSC 0177A doação foi decidida durante reunião da Mesa Diretora do Parlamento e o recurso sairá do orçamento da Casa que, desde o início de 2015, tem cortado despesas no seu custeio. Só ano passado, as medidas resultaram numa economia de mais de R$ 169 milhões. “O hospital está com 90% da obra concluída e vai atender mais de um milhão de pessoas de 12 municípios da região. Em 2009, nós já havíamos destinado R$ 20 milhões para o começo das obras. Serão sete mil consultas por mês, 229 leitos, sendo 132 de internação e 97 de UTI, com serviços de alta e média complexidades. Estamos na luta para que a população tenha acesso a esses serviços o mais rápido possível”, afirmou o parlamentar.

Segundo o prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, o hospital vai começar a funcionar a partir de agosto, parcialmente, quando começarão a ser feitos os exames de imagem. Presente na reunião, o secretário de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior, falou sobre a importância da unidade. “Apenas no Rio de Janeiro, cerca de 400 mil pessoas perderam planos de saúde e passaram a usar o Sistema Único de Saúde (SUS). A abertura de um hospital desse porte é fundamental para um estado com uma crescente demanda no serviço de saúde pública”, alertou.

Marcus Vinícius destacou ainda que o hospital será o único da região que vai realizar transplantes de rim e córnea e atenderá a pacientes de alta complexidade.

Doações
Esta é a segunda vez neste ano que a Mesa Diretora decide doar recursos para órgãos e programas estaduais que passam por dificuldades com a crise econômica que atinge o estado.

No início de maio, a Alerj entregou cheques, num total de R$ 16 milhões, para a secretaria de Estado de Segurança (R$ 3,5 milhões); Universidade Estadual da Zona Oeste (Uezo - R$ 1,5 milhão); Instituto Estadual de Hematologia (Hemorio - R$ 2 milhões); Fundação da Infância e Adolescência (FIA - R$ 2 milhões); Rio Sem Homofobia (R$ 2 milhões); Secretaria de Estado de Esporte (Seelje), para a realização dos Jogos Estudantis Estaduais (R$ 2 milhões); Programa de Prevenção à Dependência Química (R$ 2 milhões) e Conselho Estadual de Direitos da Mulher (Cedim - R$ 1 milhão).