.

bg_topo_img03.jpg
icone youtube2icone instagran icone facebook2

ALERJ APROVA E PETRÓPOLIS PODE SER A CAPITAL ESTADUAL DA CERVEJA

Publicado: Quinta, 22 Junho 2017

Lei dos deputados Marcus Vinícius e Gustavo Tutuca pode ser sancionada em 15 dias

Dentro de poucos dias, Petrópolis pode ser reconhecida como a Capital Estadual da Cerveja. A proposta foi aprovada em segunda discussão na Assembleia Legislativa do Rio, nesta quinta-feira (22/06), e deve ser sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão em, no máximo, duas semanas. O projeto de lei 2.690/17, dos deputados Marcus Vinícius Neskau (PTB) e Gustavo Tutuca (PMDB), prestigia o setor cervejeiro que, atualmente, faz parte de um importante pilar econômico e turístico da cidade, atraindo muitos visitantes e divulgando o município. “Somos o berço cervejeiro do Brasil com a Bohemia, há 174 anos, e temos cada vez mais cervejarias artesanais e a própria Feira Deguste, que já é um sucesso. É um título mais que merecido e que vai trazer ainda mais credibilidade aos produtos de Petrópolis!”, afirmou o deputado Marcus Vinícius, agradecendo ao deputado Gustavo Tutuca a co-autoria no projeto.

Durante a votação, Marcus Vinícius lembrou ainda que Petrópolis já é considerada a Capital da Moda. Tutuca afirmou ainda que a influência cervejeira em Petrópolis é decorrente de anos de história. “A família imperial já cultivava o hábito de apreciar uma boa cerveja, bebida que teria chegado ao Brasil pelas mãos dos monarcas portugueses, em 1808. A partir da década de 1840, quando começaram a chegar à cidade imperial os imigrantes alemães, o lugar foi se convertendo em uma das principais referências no assunto. Em 1853, a inauguração da cervejaria mais antiga do país, foi um marco histórico. A cidade hoje é rota Estadual de turistas cervejeiros, o que contribui para o turismo e crescimento da região serrana como um todo”, explicou o parlamentar.